Apresentação

O MP-CECRE - com apoio da FAUFBA e do PPGAU UFBA - tem o prazer de convidar a todos para a palestra O Desenho: refletir, ensinar, aprender, com o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Clewton Nascimento - seguido do lançamento dos livros do mesmo autor Ganhei o Mundo (Re) Descobriram o Ceará? Representações dos sítios históricos de Icó e Sobral: entre areal e patrimônio nacional

 

O MP-CECRE - com apoio da FAUFBA e do PPGAU UFBA - tem o prazer de convidar a todos para o Workshop Croquis Urbanos Barrocos, com os Professores José Clewton Nascimento e André Lissonger. Vejam em /sites/cecre.ufba.br/files/cartaz1_1.jpg e /sites/cecre.ufba.br/files/workshop_croquis_urbanos_barrocos.pdf

 

O Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos, a Faculdade de Arquitetura e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo convidam para a Conferência de Abertura da Quarta Turma do MP-CECRE UFBA, a ser proferida pela Professora do Departamento de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia da Universidade Federal de Sergipe,Betânia Brendle, e tendo o Professor do MP-CECRE, do PPGAU e da FAUFBA, Nivaldo Andrade, como debatedor.

A Professora Maria de Betânia Uchôa Cavalcanti Brendle é PhD em Desenho Urbano pelo Joint Centre for Urban Design, Oxford Brookes University e tem Pós-Doutorado na Technische Universität Dresden (Institut für Baugeschichte, Architekturtheorie und Denkmalpflege). Tem especialização em Restauração de Monumentos Históricos e Revitalização de Centros Históricos pelo PNUD-Unesco/Peru e em Architectural Conservation pelo ICCROM-Roma. É graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco. 

 
 

 

 

O Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos da Universidade Federal da Bahia (MP-CECRE UFBA) é um curso gratuito, com a duração de dois anos (quatro semestres, sendo os três primeiros necessariamente presenciais), voltado, exclusivamente, a arquitetos e engenheiros. Acolhe alunos brasileiros e estrangeiros legalmente residentes no país – mas também discentes (sem residência no Brasil) provenientes de toda América Latina, África de língua portuguesa e Portugal, desde que sejam aprovados no processo seletivo e tenham disposição para frequentar o curso em toda a sua fase presencial.

O curso foi aprovado pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) no final de 2009, tendo sua primeira edição se iniciando em 2010, dentro do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU UFBA).

 

SOBRE O MP-CECRE

 

O MP-CECRE aproveita toda a experiência precedente do Curso de Especialização em Conservação e Restauração de Monumentos e Sítios Históricos (CECRE) – curso que, após ter suas três primeiras edições oferecidas nas cidades de São Paulo (1974), Recife (1976) e Belo Horizonte (1978), se fixou em Salvador (1981), sendo promovido pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA) por cerca de 30 anos: 12 edições na Bahia.

Foto Primeira Turma do CECRE em Salvador                                                   IV CECRE 1981

Ao ser reconhecido como Mestrado Profissional, dá seguimento à formação de qualidade do curso de especialização, contando com um maior aprofundamento nas questões teóricas e práticas, visando colocar no mercado novos mestres ainda mais qualificados para atuar no campo da preservação do patrimônio arquitetônico e urbanístico, sem dúvida, uma área fundamental dentre as políticas públicas contemporâneas.

No que se refere à abrangência geográfica nacional, em seus mais de 40 anos de existência, o CECRE e o MP-CECRE formaram arquitetos e engenheiros altamente qualificados no ofício da conservação e restauração do patrimônio edificado e urbano oriundos dos seguintes estados: Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins. 

Já os ex-alunos estrangeiros configuram uma parcela também muito grande de profissionais atuantes em países latino-americanos, africanos de língua portuguesa, além de Portugal. Já foram formados arquitetos e engenheiros de Angola, Argentina, Bolívia, Cabo Verde, Colômbia, Cuba, Costa do Marfim, Costa Rica, El Salvador, Equador, Haiti, México, Moçambique, Nicarágua, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Uruguai e Venezuela – mas também Itália.

 

 

 

Subscribe to MP-CECRE – Mestrado Profissional em Conservação e Restauração de Monumentos e Núcleos Históricos RSS